Sérgio Duarte

                                          Blues

Com mais de 20 anos de carreira e quatro CDs Lançados, Sérgio Duarte é considerado um dos pioneiros e mais importantes gaitistas do Brasil e é elogiado por figuras referenciais do blues mundial, como o lendário guitarrista Buddy Guy, para quem já abriu shows.​

Com 5 CDs lançados, Sérgio Duarte traz em seu novo show uma continuidade ao seu estilo de Blues Tradicional com foco na Harmônica, com arranjos e interpretações dos grandes mestres do Blues no estilo “Chicago Blues” a faixa “ Highway Man" de Howling' Wolf e na faixa “Bring it Home" de Sonny Boy Williansom, além disso o repertório do show também passeia por outras vertentes do Blues como o estilo “West Coast Blues” – em canções como o divertido Boogie Woogie “Letter From Home“ e o swing do Funk Blues na faixa “Little Girl" de Little Walter.

 

Silvan Galvão

                                     Carimbó

O paraense de Santarém Silvan Galvão, radicado hoje no Rio de Janeiro, é um artista múltiplo. É cantor, compositor, percussionista, banjista e mestre de carimbó. Seu nome figura no inconsciente coletivo de cariocas e paulistas quando o assunto é música paraense, música amazônica e carimbó. Hoje, no Pará, muitos o chamam de “embaixador do carimbó” no sudeste.

O carimbó foi reconhecido pelo Iphan em 2014 como patrimônio cultural imaterial brasileiro, e Silvan Galvão, apesar da pouca idade, é um dos mestres de sua região (oeste do Pará / Santarém / Alter do Chão),  chancelado pelo Movimento de Salvaguarda do Carimbó. Também foi um dos mestres premiados no Prêmio Culturas Populares do MinC em 2018, o que representou mais um reconhecimento pelo seu trabalho de difusão do carimbó e da música amazônica para além das fronteiras do Pará. Mesmo estando fora de sua região, sua conexão com os mestres e artistas do Pará é extremamente forte. 

A partir de oficinas regulares de ritmos amazônicos na conceituada escola de percussão Maracatu Brasil (RJ), Silvan Galvão fundou em 2016 o  Carimbloco, um trabalho único e inovador, e de um peso enorme no contexto da cultura popular amazônica. Pode-se dizer que mesmo no Pará, não existe nada similar. No bloco, Silvan ministra oficinas semanais de percussão, de dança e dá aulas particulares de banjo,  abordando ritmos amazônicos, com foco no carimbó. Silvan também atua na confecção de instrumentos típicos. No Rio, o bloco conta hoje com 100 integrantes. Desde sua fundação em 2016, já participou dele uma média de 400 pessoas. Nos cortejos e apresentações paradas do Carimbloco no carnaval carioca, sempre em praça pública,  costuma-se arrebatar um público em torno de 4000 pessoas.  O bloco tem uma versão menor em São Paulo, que vem crescendo. Um dos projetos do Carimbloco é trazer mestres de carimbó do Pará para o Rio, criando um importante intercâmbio de saberes. Já participaram mestres do grupo Cruzeirinho do Marajó, grupo Uirapuru, Grupo Cobra Grande, Kuatá de Carimbó.

Nos palcos, Silvan apresenta um trabalho autoral que explora, além do carimbó, as toadas de boi do Pará, o marabaixo do Amapá e o lundum marajoara, tanto em formações instrumentais contemporâneas (com percuteria, guitarra e baixo), quanto em formação “pau e corda” (banjo, percussão e sopro)

MAPA DE PALCO

RIDER TÉCNICO

RELEASE

NOME DO ARQUIVO

ricardo@talentoseventos.com.br

+55 (11) 2339.8695

+55 (11) 9.4155.0090

Av. João Paulo da Silva, 490

Interlagos - São Paulo - SP

04777-020

  • Branca Ícone Instagram